Buscar um especialista

Encontre o mais próximo de você

Área do associado

Acesse conteúdos exclusivos

Publicado em 14 de setembro de 2020

Encontro virtual da Regional Sul durante I Congresso Gaúcho de Ortopedia e Traumatologia Virtual

O encontro da Regional Sul da SBQ foi realizado durante o I Congresso Gaúcho de Ortopedia e Traumatologia Virtual. O evento foi dividido em duas etapas. No dia 1º de setembro, durante o pré-congresso, e no dia 8, no Congresso, sendo abordados os temas: fraturas do fêmur proximal, artroplastias complexas do quadril e instabilidade pós artroplastia.

No pré congresso foram discutidas as fraturas do fêmur proximal, tendo como palestrantes e debatedores Carlos Galia, Luiz Henrique Penteado, Anthony Yepez, Ezequiel Ungaretti, Marcelo Guimarães, Leonardo Comerlatto, Arthur Soares, Ary Ungaretti Neto, Ricardo Rosito, Antero Camisa Jr, Júlio Rigol, Lauro Dornelles e Cristiano Diesel.

A programação do dia 8 teve início com apresentação sobre ‘Displasia do quadril – como realizar uma ATQ’, tema de Carlos Roberto Galia, seguindo-se palestra de Carlos Schwartsmann sobre ‘Osteotemias femorais na artrose do quadril no paciente jovem’. Em seguida, houve debate sobre ‘Artroplastias complexas do quadril’, moderada pelo presidente da Regional, Cristiano Diesel, que teve como debatedores Milton Roos, Márcio Valin, Fernando Mielke, Renato Locks e Rodrigo Scheidt.

O tema ‘Como prevenir a instabilidade na ATQ’ foi apresentado por Bruno Roos e em seguida Guilherme Ricci falou sobre ‘Como prevenir a instabilidade na ATQ’, que também discorreu sobre as alternativas em caso de ATQ instável. A programação se encerrou com outra mesa redonda moderna sobre Desafios da ATQ instável, moderada por Ramiro Zilles Gonçalves e que teve como debatedores André Kruel, Rodrigo Kunz, Willian Dani e Fernando Lupselo.

O presidente da Regional Sul ressaltou a singularidade do evento, pois pela primeira vez o tradicional Congresso Gaúcho de Ortopedia e Traumatologia foi realizado virtualmente, trazendo muitos desafios à sua organização. Acrescentou que “o evento foi um sucesso e houve importante interação e troca de experiência entre as diversas gerações de cirurgiões do quadril do Rio Grande do Sul e  de Santa Catarina”.

  • Notícias gerais
  • Regional Sul