SBQ na mídia

Artroplastia do Quadril: Cirurgia Libertadora

O ortopedista Guydo Marques Horta Duarte, coordenador do Serviço de Ortopedia do Hospital Vila da Serra e presidente da Sociedade Brasileira de Quadril

O quadril é a região do corpo que se situa entre o tronco e a coxa, onde existe uma articulação que une o membro inferior à bacia. Trata-se, portanto, de estrutura anatômica fundamental à capacidade de marcha do ser humano.

Artroplastia de Quadril é uma cirurgia ortopédica na qual se substitui a articulação natural do quadril por uma prótese artificial. Esta prótese pode ser de vários tipos, dependendo, principalmente, das preferências e formação do cirurgião. Este procedimento é indicado para patologias irreversíveis da articulação, na maioria das vezes devido à artrose avançada, à osteonecrose da cabeça femoral, fraturas do colo do fêmur, artrite reumatóide e espondilite anquilosante, dentre várias outras patologias.

Os maiores desafios da Artroplastia de Quadril são conseguir um ótimo resultado funcional, com poucas limitações ao estilo de vida das pessoas, com a maior durabilidade possível. Dois fatores proporcionam ótimos resultados por um período esperado, em média, de 20 a 30 anos: o acesso às modernas técnicas cirúrgicas e a melhoria na qualidade das próteses ortopédicas. A técnica utilizada pelo cirurgião para a colocação da prótese é o principal fator que determina o resultado e a durabilidade da mesma.

As causas mais comuns que indicam a Artroplastia de Quadril são as doenças degenerativas. Com o aumento da faixa etária, a vida média dos brasileiros aumentou, aumentando, também, a incidência de doenças degenerativas do quadril.

Os principais sintomas são forte dor na coxa, na área inguinal (virilha), na região glútea e, às vezes, até no joelho. Além da dor, outra queixa importante dos pacientes é a grande dificuldade na marcha e a limitação dos movimentos. A dor é exacerbada, por exemplo, ao andar e nos movimentos de sentar e levantar, ou seja, causa uma incapacidade funcional de todo o membro inferior.

Para a melhora funcional do paciente e para sua saúde de uma maneira geral, quando a dor se torna incapacitante, e, uma vez esgotadas todas as possibilidades de tratamento terapêutico, a indicação é cirúrgica. Costuma-se dizer que a Artroplastia de Quadril é uma cirurgia libertadora. Os benefícios são expressivos como, por exemplo, o desaparecimento da dor e o retorno da capacidade de marcha normal, reduzindo, assim, a limitação funcional do paciente, com um ganho real em qualidade de vida.

Os cuidados após a cirurgia se restringem a não realização de exercícios inadequados. Recomenda-se caminhadas, movimentos de baixo impacto, como danças e esportes leves, além do acompanhamento clínico, em intervalos de dois anos, após o primeiro ano da cirurgia.

Os especialistas em cirurgia de quadril são médicos que completaram a residência em Ortopedia e Traumatologia, membros titulares da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e que concluíram treinamento específico em cirurgia do quadril.

Sociedade Brasileira de Quadril – SBQ, define critérios rígidos para inclusão de seus membros. Eles devem ser aprovados na avaliação oficial da entidade (em conhecimentos teóricos e práticos), devem ter realizado treinamento em cirurgia de quadril nos serviços credenciados pela mesma entidade, além de comprovar atividades acadêmico-científicas na área.

A qualidade dos centros de treinamento é certificada pela sociedade, que também mantém atividade permanente na educação continuada. Portanto, para a SBQ selecionar um profissional qualificado e com treinamento em cirurgia de quadril, é fundamental para a segurança do paciente.

O nome dos membros da SBQ podem ser encontrados na internet, no endereço www.sbquadril.org.br, onde se encontram também orientações aos pacientes portadores de doenças do quadril.

Localização & Contato


 
 
[contact-form-7 id="1932" title="Contato"]
Itarget Tecnologia