Ministério do Trabalho registra 2.964 afastamentos devido a fraturas de fêmur, em 2017

Ao lançar a campanha de prevenção a acidentes de trabalho, no dia 4 de abril, o ministro interino do Trabalho, Helton Yomura, ressaltou que entre as 20 maiores causas de afastamento estão as fraturas de fêmur, 3.964 e as fraturas de coluna e pelve, 2.620.

As estatísticas do Ministério indicam ainda que das 349.579 comunicações de acidentes de trabalho encaminhadas ao INSS no ano passado, 37.057 envolvem quedas com diferença de nível, e se somadas às 161 mortes causadas por quedas, elas representam 14,49% do total, o que justifica a preocupação do Governo com a prevenção desses acidentes.

Localização & Contato


 
 
[contact-form-7 id="1932" title="Contato"]
Itarget Tecnologia