Cirurgião sócio da Sociedade Brasileira de Quadril acaba de atravessar o Canal da Mancha, nadando

O especialista em cirurgia de quadril Humberto Costa Júnior, 45 anos, atravessou hoje (dia 8), nadando, o Canal da Mancha, fazendo um percurso de 45 quilômetros em 10 horas e 42 minutos.

         A travessia do Canal, que separa a Inglaterra da França, tem 33 quilômetros, mas devido às fortes correntes no mar gelado e revolto, Humberto teve que fazer a travessia por um percurso mais longo, tornando-se o primeiro baiano a conseguir o feito.

         Este não é o primeiro desafio enfrentado pelo ortopedista, que costuma treinar em mar aberto, fazendo duas vezes por mês o percurso entre o farol de Itapuã e da Barra, na Bahia. Recentemente, porém, ele aumentou a distância do treinamento, nadando até o farol de Humaitá em pouco menos de 8 horas.

Ele já competiu na travessia de Salvador a Mar Grande, que tem 12 quilômetros, a ’14 Bis’, em São Paulo, prova de 24 quilômetros, mas sempre sonhou em enfrentar o chamado ‘Everest das águas’, a travessia da Mancha, que já custou a vida a dez nadadores, inclusive uma campeã brasileira, Renata Agondi. A prova foi feita com uma equipe de segurança acompanhando o nadador, principalmente por causa do frio, pois o grande inimigo é a hipotermia, já que mesmo no Verão, como agora, a água do Canal não ultrapassa os 15º e é difícil a dificuldade é conseguir que o organismo produza energia suficiente tanto para as vigorosas braçadas necessárias como, ao mesmo tempo, para manter o corpo numa temperatura adequada.

Localização & Contato


 
 
[contact-form-7 id="1932" title="Contato"]
Itarget Tecnologia