Já são 600 os médicos brasileiros que trabalham legalmente em Portugal